sábado, 31 de julho de 2010

Maratona de Banca - Julho (Nora Roberts)


Mais uma vez eu deixo para a última hora para fazer a resenha... o que posso dizer? É uma arte estar sempre quase atrasada... Eu gostei muito do tema deste mês. Gosto bastante da Nora (quem não gosta?), e como era o mês de férias de aula, pensei que seria tranqüilo. Mas não foi. Não consegui ler nem metade do que gostaria...


Deveria ter feito essa resenha ontem, assim que terminei de ler o livro, e não hoje. Meu humor hoje está péssimo, e não sei se vou conseguir escrever tudo de bom que encontrei no livro que escolhi....


NOITES DE TENTAÇÃO





Ficha do Livro:


Título: Noites de Tentação
Título Original: Cordina’s Crown Jewel
Autor: Nora Roberts
Editora: Nova Cultural
Ano: 2002
Tipo: de banca
Linha do Tempo: Contemporâneo
Protagonistas: Camilla e Delaney




Sinopse:

Uma princesa em fuga!

Por algumas abençoadas semanas, Sua Alteza Real Camilla de Cordina podia ser apenas Camilla MacGee. E trabalhar para Delaney Caine na pitoresca zona rural de Vermont, o refúgio perfeito para se esconder da imprensa. No entanto, à medida que sua irritação para com o intratável arqueólogo se transforma em fascinação... e depois em desejo... a princesa fugitiva percebia que teria que revelar sua verdadeira identidade.

Delaney nunca precisara da ajuda de ninguém, e a princípio aceitou contrafeito a presença de Camilla. Porém, pouco a pouco começou a perceber que a companhia daquela jovem incrivelmente bela preenchia um vazio em sua vida do qual até então ele não se dera conta. Só restava agora descobrir o que Camilla estava escondendo.


Esse é o quarto livro da série Reino de Cordina, e não consegui os outros para ler antes deste daqui.

Noites de Tentação conta a história da princesa Camilla de Cordina, que está à beira de ter um ataque de estresse, ou de nervos, ou de qualquer coisa, mesmo. Ela não tem sossego. Está sempre presente ou organizando eventos beneficentes ao redor do mundo, seguindo seus deveres com a família real, e além disso não consegue fugir dos paparazzi que vivem a seguindo e inventando histórias a seu respeito. Um dia isso se torna demais, e ela resolve fugir. Corta os cabelos, pega o dinheiro que tinha em mãos, o carro alugado da sua secretária e sai dirigindo pelos EUA para tentar se encontrar, se descobrir.
Então numa estradinha no interior de Vermont, com uma tempestade a toda, Camilla sofre um acidente e fica presa na estrada, já que o celular estava sem linha. Qual não é sua sorte quando surge na estrada uma camionete que lhe oferece carona.
Delaney Caine é arqueólogo e professor universitário, que sofreu um acidente nas escavações, está com um braço quebrado, além das costelas frágeis, e a última coisa que ele precisava era de uma mulher linda, que não calava a boca na sua casa enquanto não passasse a tempestade. Além do mais, ele sabia que ela tinha mentido sobre seu nome.
Mas por ela ter que ficar na casa dele, Camilla se sentiu mal ficar lá, sem retribuir a hospitalidade, então se oferece para ajudá-lo a digitar o artigo que ele está escrevendo. E ele resolve empregá-la. Além disso, Camilla sente que seu segredo está seguro ali, Delaney não possui revistas de fofocas, não tem televisão e quase nenhuma ligação com o mundo exterior, é quase um ermitão.

Delaney não é o cara mais legal do mundo. Ele é grosso, quieto, gosta das coisas do jeito dele, e simplesmente não quer admitir que gosta dela, mas isso não é realmente um problema para Camilla, quando ela se descobre apaixonada por ele.

O livro é muito gostoso de ler, li numa “sentada”, e ri muito. Adorei o Delaney ser arqueólogo e professor de história (eu sou estudante de história e fiquei pensando ‘ah se eu tivesse um professor assim!’). E mesmo ele sendo um tanto grosso, ele consegue ser fofo quando ele quer.

Amei a Camilla, nem um pouco uma donzela indefesa, ela descobre o que quer, e vai atrás, como fica bem claro aqui:
- Quem está enganada é você. Qualquer homem poderia subjugá-la com esse corpo leve e esguio. Mas não tem o que temer da minha parte. Você não me atrai.
- Não? – Ela estava com raiva agora e não conseguia se lembrar muito bem da prudência quando se sentia assim. – Que sorte a nossa!
Delaney a soltou ao ouvir aquelas palavras. No mesmo instante, Camilla o fulminou com os olhos e deu vazão à ira.
- Mas você e eu sabemos que é mentira – ela concluiu e beijou-o na boca.
Capítulo 4, página 44
E aqui:
Ela havia encontrado uma outra paixão e seu nome era Delaney Caine. O homem com quem ela iria se casar, quer ele gostasse ou não da idéia.
Capítulo 7, página 74
Ao ler o livro, cuidem quando aparecerem as mães dos dois. Risos na certa. Tanto que fiquei curiosa para ler o livro da mãe da Camilla, a princesa Gabriella de Cordina.

Quando foi chegando o final, e ele descobre que ela mentiu para ele, e que ela é uma princesa comecei a me decepcionar e pensar que iria seguir todos os clichês desse tema. Mas não é verdade. Tudo bem que não é o único livro a tratar desse tema, mas foi muito legal ver como ficaram juntos, finalmente.

Para quem leu o livro em série, e na ordem certa, vai ver que os personagens anteriores fazem uma ponto mais ao final.

Ótima leitura, recomendo!!!

Esse livro foi reeditado pela Harlequin em 2009:



Blogger Templates

2 comentários:

Suelen Mattos disse...

Eu tenho a série toda, publicada pela harlequin. Esse livro (junto com o primeiro, dos pais da Camilla) é meu favorito. Leia sim o livro dos pais dela, vc vai gostar. Tem que ver em que situação se dá o primeiro beijo dele.... nooooossa, que eu ameeei!!!! Ai, um homem desses na minha vida.... ai, ai....

Ket, la Blair disse...

Ah essa é uma das que ainda não li =(
Tenho outros da Coleção Destinos de outras autoras e são todos divertidinhos =D

Postar um comentário